PACHA     MAMA

Ver a vida com a mente crística ou com a mente do ego negativo?

0

 

Quando somos desafiados a lidar com uma situação adversa, sempre temos a possibilidade de escolha: quero agir pelo amor ou pelo medo?

Nada justifica o ataque, a raiva o descontrole. O ódio não é justificável… O desamor, idem. Podemos não concordar, ficar chateados, frustrados (por não termos nossas expectativas atendidas), porém, jogar sua fúria sobre a outra pessoa (usando qualquer subterfúgio de defesa) é no mínimo se render ao lado negro da força – com todas as palavras.

A comunicação existe para isto, para esclarecer os fatos. Muitos erros, mal-entendidos e desencontros poderiam facilmente ser desfeitos pela mágica da palavra.

A palavra que pode curar e também ferir com a espada da língua – depende do que você alimenta em seu interior.

O mundo já está tão cheio de guerra, não seria melhor parar, não responder, não revidar? Este é o verdadeiro sentido de dar a outra face. Quer bater? Bata. Eu não vou te bater. Quer xingar? Xingue, eu não vou revidar, não vou reagir…

Vou, é agir com meu coração e sabedoria. Não vou criar mais karma negativo e contribuir para a guerra no mundo.

Meu coração está em paz, minha alma vibra a alegria divina. Todos são meus irmãos. Onde está o mal?

Apenas na consciência que não se purificou, não fez o seu dever de casa, não se curou como deveria…

Receber uma iniciação é de grande importância espiritual. As pessoas não se dão conta que ao se encherem de luz, suas trevas interiores virão à tona para serem purificadas.

Se você não usa a ferramenta para a qual foi treinado, o ego negativo te engulirá com todos seus arcabouços e argumentos teóricos.

Ninguém é 100% certo ou 100% errado. Todos são responsáveis, principalmente por suas escolhas.

Cabe a cada um decidir o destino de sua vida.

Quem você serve? O pequeno eu inferior ou o grande Eu Superior?

Faça a sua escolha.

Escolha e não caia!

 

Aurora Reis

 

 

O trono de Deus é seu próprio coração, nunca se esqueça disso!